Yogasanas: Uma Perspectiva Médica (parte 3)

 

Dr. Krishna Raman MBBS, FCCP

Trecho do Yoga Rahasya volume C. Tradução livre de Maurício Frighetto

Efeitos fisiológicos das posturas invertidas

Posturas invertidas tonificam a dinâmica dos fluidos do corpo de acordo com a lei de Laplace. Os músculos e o sistema circulatório das pernas recebem descanso adequado da pressão constante da gravidade que exerce uma tração sobre eles. A posição ereta do corpo humano predispõe a formação de veias com varizes, enquanto posturas invertidas como Sirsasana previnem a formação de veias com varizes.

Cinco litros de sangue fluem ativamente em nosso corpo, mas com o passar dos anos ocorre um aumento na circulação sanguínea para o cérebro. A prática de posturas invertidas como Sirsasana e Sarvangasana previne a fadiga das células cerebrais. Elas também diminuem as chances de um acidente vascular cerebral isquêmico e doenças como demência senil, paralisia pseudo-bulbar e arteriosclerose cerebral difusa. Os efeitos benéficos das posturas invertidas podem ser devido a um aumento da produção hepática de glicose ou devido a uma melhor dinâmica de fluidos no cérebro – ou ambos.

Os efeitos fisiológicos das “posturas de flexão para frente”

Posturas de flexão para frente alongam os músculos paraespinhais, as articulações intervertebrais e os ligamentos e aumentam o suprimento de sangue nessas regiões. A posição horizontal relaxa o sistema nervoso simpático e anula a pressão sobre o coração. A temperatura do corpo é reduzida provavelmente por causa de seu efeito no hipotálamo. Essas posturas também diminuem as demandas metabólicas do corpo.

O efeito calmante no sistema simpático também alivia as dores de cabeça crônicas. A pelve deve girar sobre a articulação do quadril para se inclinar para a frente. Os músculos isquiotibiais estão fixados na parte inferior do osso pélvico. Portanto, o osso pélvico não gira sobre a articulação do quadril como quando uma pessoa com músculos tensos da coxa tenta se inclinar para a frente. Nesses casos, os ligamentos intervertebrais são esticados demais, em vez de esticados, e há o risco de prolapso do disco. Asanas tornam os músculos isquiotibiais muito flexíveis e previnem o prolapso de disco.

Os efeitos fisiológicos das posturas de torção

Todos os órgãos abdominais são comprimidos e lavados com sangue nas posturas de torção.  Esta ação de secagem simula ações absortivas dos intestinos. Sua atividade peristáltica também é aumentada, o que alivia a constipação.

As posturas de torção também afrouxam os músculos paraespinhais e os emergentes nervos espinhais. Tais posturas, portanto, previnem um “disco deslocado”. 

Leia os outros trechos

Yogasanas: Uma Perspectiva Médica

Yogasanas: Uma Perspectiva Médica (parte 2)

Yogasanas: Uma Perspectiva Médica (parte 3)

Yogasanas: Uma Perspectiva Médica (Parte 4)

Chat
Como podemos ajudá-lo?
Fale conosco!