As responsabilidades do professor e do aluno em uma aula de yoga on-line 

Pedro Pessoa e Camila de Lucca

Queridos praticantes, nós, do Centro Iyengar Yoga Florianópolis (CIYF), suspendemos as aulas presenciais desde o início das medidas de distanciamento social. Para manter o ensino e a prática — tão importantes neste momento de recolhimento —, passamos a oferecer classes on-line. Gostaríamos de ressaltar a grande responsabilidade neste novo formato, tanto para nós quanto para vocês.   

Durante uma classe de Iyengar Yoga, o professor conduz a turma orientando as ações nos asanas; demonstrando os asanas; e observando e corrigindo os alunos. Para que o ambiente on-line preservasse esses princípios, passamos a ministrar as aulas juntos. Enquanto um demonstra as posturas, o outro conduz e, ao mesmo tempo, observa os alunos pelas câmeras. Assim é possível corrigi-los e sentir o desenvolvimento da turma. Existe muita responsabilidade com o aluno quando estamos conduzindo uma aula de yoga, seja presencial ou on-line.  

A aula on-line foi planejada nesse formato para que estejamos o mais próximo possível de vocês, realmente presentes. Embora estejamos distantes fisicamente, tentamos diminuir toda a possibilidade de distorção, de risco, de acidente.     

Neste formato de aula, nós orientamos questões específicas — variações para mulheres no período menstrual, para quem tem dor em determinada parte do corpo — e observamos se as adaptações estão sendo feitas corretamente. Caso aconteça algum imprevisto, por exemplo, podemos orientá-los. Por isso, pedimos que as aulas não sejam gravadas e compartilhadas. Além de não ser seguro, fazer isso é uma violação ética e moral.  

Há outro motivo para não gravar as aulas: um dos objetivos do yoga é desenvolver a capacidade de atenção do praticante. Nos Yoga Sutras, Patanjali descreve que o dharana (concentração) nos prepara para dhyana (meditação). Se gravamos uma aula, tendemos a ficar mais dispersos e não desenvolvemos nossa concentração, porque sabemos ser possível ouvi-la depois. 

Assim como nas aulas regulares presenciais, o aluno tem a responsabilidade de ser pontual. Precisa preparar a sua casa, arrumar o espaço, ajustar a câmera e organizar as tarefas cotidianas para que nada o interrompa durante a aula. O primeiro Yoga Sutra de Patanjali é atha yogānuśāsanam — yoga começa aqui agora. Para praticar yoga é necessário estar aqui e agora. Então, a aula é um momento de estar presente, fazendo as coisas por inteiro, dependendo somente da nossa capacidade de absorver o ensinamento naquele momento.  

Nesse sentido, há uma grande responsabilidade dos alunos, que não devem gravar e, sobretudo, não devem compartilhar as aulas com outras pessoas, pois estas não estavam presentes. Há vídeos que são produzidos visando um público amplo, mas esse não é o caso das aulas on-line do CIYF. Nós prezamos muito por estarmos junto com os alunos, ao vivo, o mais próximo da maneira que fazemos nas aulas presenciais.    

Todos são bem-vindos para se juntarem a nós neste momento tão importante. 

—-

Informações sobre as aulas podem ser acessadas aqui. datas e valores podem ser acessadas clicando aqui

Clicando aqui você pode ler um relato de como é a prática online na perspectiva de uma aluna.

Chat
Como podemos ajudá-lo?
Fale conosco!