Yoga integra corpo, mente e emoções  

You are currently viewing Yoga integra corpo, mente e emoções  

Yoga é união. Realmente praticamos yoga quando os sentidos, os pensamentos e as emoções estão conectados e fluindo na mesma direção. Esse foi o tema da aula da professora Camila de Lucca na última terça-feira (07/04). Ao mesmo tempo em que nos conduzia em cada āsana, Camila nos explicava, através de uma analogia, como a harmonia desses três instrumentos desperta nossa consciência.

Imagine um rei com três filhos. O primeiro se movimenta e sente as coisas, como calor e frio; o segundo é racional, pensa, fala, aprende línguas e desenvolve conceitos; o terceiro se emociona, se alegra e fica triste, tem ciúme e raiva. “Quando praticamos yoga temos que olhar para nossos três filhos: o corpo, a mente e as emoções”, disse a professora. “Quando a gente dá atenção só para um e os outros se sentem órfãos, abandonados, existe um caos interno.”  

No momento em que estes três irmãos se ajudam, eles podem criar algo muito especial. “Juntos, em harmonia, eles desenvolvem um ambiente capaz de receber uma princesa chamada consciência. Só podemos falar em consciência quando estamos inteiros, quando os sentidos, os pensamentos e as emoções fluem em uma mesma direção.”

Por outro lado, continuou Camila, temos que ter o cuidado de não nos identificarmos com uma dessas partes: “Muitas vezes nos identificamos com um dos filhos, imaginando ser um deles. Observe quantas vezes nos identificamos com nosso corpo, com nossos pensamentos, com nossas emoções. Praticar yoga é ter a lembrança de que você não é suas sensações, seus pensamentos ou suas emoções. Eles são instrumentos. Nós somos aquele que tudo percebe e observa, somos a testemunha divina.” 

Texto: Maurício Frighetto

Revisão: Daniela Caniçali