Por que praticar Yoga?

Por B.K.S Iyengar
Texto da revista Yoga Rahasya, publicado em 2004.

Sou um praticante de yoga há 60 anos, com uma experiência de ensino de 58 anos. Há cinco décadas, Yoga não era tão popular como hoje. Muitos tinham a impressão, mesmo na Índia, de que o Yoga era feito para sanyasis, reclusos e aqueles que deixavam suas casas, afastando-se de seus pais. Na década de 1930, as pessoas até apontavam os dedos para mim dizendo “Lá vai um maluco”. Como havia pouco conhecimento sobre Yoga, eu me comprometi com a tarefa hercúlea de despertar não apenas o interesse, mas também a cultura do bem-estar físico e mental através do Yoga. E concluí que o único caminho para sensibilizar e estimular o interesse seria dando palestras demonstrativas para as pessoas compreenderem claramente esta arte.

Sem dúvida o Yoga desempenha um importante papel em manter a estrutura corporal, assim como os sistemas respiratório, circulatório, nervoso, digestivo e endócrino em perfeito equilíbrio, além de proporcionar elevação mental e claridade intelectual. Academias de ginástica brotaram em todos lugares e o Yoga foi inserido dentro desses clubes como uma terapia e como exercícios para melhorar a saúde. Mas o Yoga é destinado somente a remover os desequilíbrios estruturais, como dor nas costas, males no estômago e estresse emocional ou o Yoga tem algo a mais para oferecer?

No início, todos nós temos alguma motivação para nos livrar de problemas físicos ou emocionais. Uma vez que nos sentimos aliviados, por que devemos continuar a praticar? Apenas para tonificar o corpo ou afinar a mente? Nós temos agora alguma percepção e entendimento do corpo e, em certa medida, também da mente. Em última análise, o objetivo do Yoga é ter a visão da alma ou do buscador se tornando um com Aquele que Vê. Isto é chamado atma darshan. Nós geralmente praticamos como fazedores. Mas se vermos e observarmos enquanto fazemos, talvez conseguiremos mudar nossas atitudes e sentir algo que estava escondido. Isso se expressa como uma arte, que se torna então a fonte para a transformação física e mental em direção ao espiritual. A autorrealização não pode vir a menos que nós nos livramos das leis de causa e efeito. A prática de Yoga nos conduz à tal liberdade.

Tradução livre de Maurício Frighetto e Daniela Caniçali. Supervisão Camila de Lucca. 

Chat
Como podemos ajudá-lo?
Fale conosco!